Recordar, Repetir e Elaborar Rotating Header Image

Wishful thinking, por favor

Nunca fui de acreditar muito nesses lances cósmicos, de energias positivas e negativas, alto e baixo astral. Até o dia da defesa do meu mestrado, quando senti na pele e passei a acreditar com mais firmeza na existência de algo como energias boas canalizadas para uma pessoa.

E, se restava qualquer d√ļvida, ela foi suprimida pela f√©, pois apenas uma vez na vida precisei tanto de algum wishful thinking como agora: meu pai foi internado na UTI ontem √† noite, sob suspeita de infarto. A m√©dica acha que n√£o deve ser nada, mas n√£o foi boba de deix√°-lo ir para casa, o que achei √≥timo. A visita com boletim m√©dico √© daqui a pouco.

Ent√£o, por favor: wishful thinking, wishful calls, wishful commentaries – tudo para termos de volta o quanto antes neste blog aqueles coment√°rios tipo “um beijo, filhota!” e “adoro voc√™, sua linda!”, que constituem a milion√©sima parte de tudo o que de bom meu pai trouxe e traz para a minha vida, sempre.

~~~

EDITADO PARA ACRESCENTAR: Ha! Mal deu tempo de fazermos pensamento positivo, e puf Рuma hora, um cateterismo e muitas unhas roídas depois, veio a notícia de que não era nada. Ou melhor, é claro que era, uma dor é sempre alguma coisa Рmas definitivamente esta dor não foi causada por nenhum problema cardíaco. Ufa. Agora é passar alguns dias de molho, todos os dias se cuidando bastante, e pronto.

4 Coment√°rios on “Wishful thinking, por favor”

  1. #1 Patrícia C.
    on Dec 14th, 2007 at 3:54 pm

    O meu pensamento positivo está com vocês, Camila! Força!
    Um abração

  2. #2 cintia
    on Dec 14th, 2007 at 7:45 pm

    Que bom que t√° tudo bem. Manda beijo pro seu pai e fala pra ele se cuidar…

  3. #3 Dani Valverde
    on Dec 15th, 2007 at 2:27 pm

    Nossa! Venho aqui te visitar e tomo um susto. Ainda bem que foi “s√≥” um susto.

  4. #4 Camila
    on Dec 16th, 2007 at 1:51 am

    Meninas, obrigada pela for√ßa! No final das contas, a dor que meu pai sentiu recaiu sobre aquela ampla categoria de dores e desconfortos para os quais os m√©dicos n√£o encontram nenhuma explica√ß√£o plaus√≠vel. Dor muscular? Estresse? Esp√≠rito obsessor? √Č um vale-tudo etiol√≥gico. Mas uma coisa √© certa: o sangue est√° correndo feliz da vida pelas art√©rias e veias do cora√ß√£o dele. E isso, no momento, √© o que mais importa. Beijos a voc√™s e tamb√©m a ele, que logo logo deve estar de volta por aqui…

Deixe um coment√°rio