Por que votarei em Netinho (e por que votaria em Crivella)

Faço traduções intermináveis, dou aulas de uma língua que não domino e vou à academia todos os dias. Com tudo isso, nada me deu mais trabalho no último mês do que definir meu segundo voto para o Senado em São Paulo. Se me perguntassem há dois anos, fora de qualquer contexto, “ei, você votaria no cara do Negritude Júnior pra presidente da Associação de Amigos do Bairro / Conselheiro Tutelar / (insira aqui o cargo de sua preferência)?”, eu certamente responderia “mas hein, nem pra síndico do prédio daquela minha amiga meio mala”.

Mas aí é que está: a expressão-chave na pergunta acima é “fora de contexto”. E, pra quem não entende nada de política como eu (e estou dizendo isso não para criar um clima de condescendência, para que me digam óóó, coitadinha, que fofinha, mas apenas para que fique claro de onde eu falo), o grande esforço que tenho tentado fazer de uns anos pra cá é me educar no sentido de não pensar a política em termos essencialistas e morais. Isso significa que estou tentando não me deixar guiar por imperativos categóricos que impeçam determinados votos a priori.

Quantas vezes já vi pessoas as mais diversas, incluindo algumas das mais inteligentes que conheço, traçarem um risco no chão e proclamarem como um bizarro-Cristo (Seinfeld fans only): quem pecou até aqui pode vir a merecer o meu voto, mas a partir daqui… Bom, se for pra votar nos caras que ultrapassaram X pontos na minha escala de tolerância pessoal à homofobia / racismo / sexismo / (insira aqui o preconceito de sua preferência), é mais fácil e honesto dar o Brasil de graça pro PMDB e vender a minha mãe.

E eu, vejam vocês, estou cada vez mais tentada a discordar de tanta gente inteligentíssima. Porque acho que a questão se coloca num outro registro mesmo. Se for pra pensar em termos de “até aqui pode / a partir daqui vendeu a mãe”, deixou-se de fazer política, que é negociação e cálculo de custo-benefício o tempo todo. Com base nisso, tenho tentado pensar as alianças políticas de forma totalmente diferente. Em vez de criticar o PT por fazer alianças com – que nojo! – os Sarney, eu posso deixar o meu nojo (de resto, perfeitamente legítimo) de fora desta discussão e colocar as seguintes questões: o que o PT ganha em aliar-se com coronéis? O que (quem) perde? Está realmente ganhando mais do que perdendo? Ou seja: em vez de nojo, raiva ou outras emoções devidamente explicadinhas numa Veja perto de você, custo e benefício, simplesmente. Interesse. Jogo de forças. Poder. Assim, baseada nas respostas a estas questões, eu posso até criticar a aliança – mas sem precisar recorrer ao “monopólio da moral” (apud @iavelar) que tantos candidatos de direita insistem em reivindicar para si.

Não quero mais definir em quem vou votar ou deixar de votar com base apenas em “afinidades de pensamento” com os políticos, tomados individualmente (vamos pegar o exemplo do Crivella) ou em grupo (os evangélicos). Não acho mesmo que seja o caso de dizer a priori “não voto em evangélicos sob circunstância alguma”. Tem que ver caso a caso, e o caso atual é que, de fato, por mais que pra eu, você e todo-mundo-cantar-junto o conceito de político-evangélico (ou político-católico ou político-espírita, não importa – qualquer político cujo pensamento esteja organicamente ligado a uma religião qualquer) não seja exatamente sedutor, não vejo nada no discurso deles que mostre um “projeto de Brasil”, e quanto mais um projeto de Brasil reprovável. Aliás, pra ser bem honesta, eu acharia ótimo se uma tal coisa existisse – porque, cá entre nós, nem o PSDB conseguiu formular um projeto viável de Brasil nesses últimos 8 anos, quanto mais um grupo de evangélicos cujo grande objetivo manifesto é a erradicação de pecados como aborto e homossexualismo. E isso, convenhamos, não é um projeto de país. Projeto, projeto mesmo, eu juro que eu tento, que eu me esforço, mas o único que eu consigo ver, que se delineia com clareza na minha frente (até por estar sendo posto em prática), é o do PT. Peloamor, o Serra não se decidiu até hoje sobre uma coisa tão ridiculamente básica quanto o Bolsa-Família!

Em resumo: políticos evangélicos reacionários homófobos e sexistas são, de fato, uma turma da qual eu certamente prefiro me manter distante. Mas vejam, eu também preferiria estar almoçando no Commander’s Palace agora, mas o princípio de realidade me impede de negar o fato de que vou almoçar o arroz-com-bife que eu mesma vou preparar; esta é a minha realidade e é com ela que tenho de trabalhar. Nem sempre o que a gente prefere é possível e viável. Então, é claro que seria lindo se a gente só precisasse votar em gente-como-a-gente, que não discrimina homossexuais e não invoca entidades inexistentes a cada discurso. Mas não é esse o mundo em que vivemos. No mundo em que vivemos, temos uma série de políticos exatamente assim que apoiam um projeto de país que, por acaso, também é o meu – que é o de um país menos desigual, onde os pobres têm mais poder de compra e acesso à educação, cuja política externa é soberana e não diz amém a quem quer que seja só por dizer etc. etc.

Então, cada vez mais, uma postura “não voto de jeito nenhum em políticos com tais e quais características” já não faz muito sentido para mim. O que tem feito sentido é pensar em termos de projetos, propostas, ideias: faz sentido votar em pessoas que apoiem um projeto no qual eu acredito – ou que façam críticas que eu considere pertinentes a esse mesmo projeto. Não há universais aí.

O caso do Netinho é complicado num outro sentido, porque não se trata de uma divergência de ideias como a que existe com os evangélicos, mas de uma pessoa que efetivamente cometeu um crime gravíssimo. E aí? Eu vou dizer que “bateu em mulher uma vez, não votarei em ti nunca mais”? Não: mais uma vez, eu vou fechar as minhas obras completas de Kant e considerar a situação específica. E a situação específica é que o cara cometeu um crime, sim – mas pagou por ele legalmente e, até onde sabemos, não houve reincidência. Ele pediu desculpas e a história mostra que é possível uma pessoa cometer um crime, responder por ele legalmente e não mais voltar a cometê-lo. É difícil, mas é possível. E, afinal, o que mais eu posso pedir de uma pessoa que cometeu um crime, além do que Netinho já fez? Parece que, para muitos, ele pode ter respondido legalmente por sua ação; pode ter pedido desculpas publicamente; pode ser apoiado por feministas; pode o que for – só não pode nem poderá deixar de ser, jamais, “*O* espancador de mulheres”. É mais ou menos assim que funciona, aliás, com alguns diagnósticos psiquiátricos: uma vez DDA, para sempre DDA – e dá-lhe tomar remédio para o resto da vida, já que o diagnóstico se apossa da totalidade da pessoa.

E agora que já tratamos desse dificílimo assunto, vamos combinar: além de ser um candidato genuinamente de esquerda, o Netinho ainda pode tirar o Tuma do Senado? Aleluia, irmãos. Meu voto é desse cara.

Leia: Feministas apoiam Netinho de Paula para o Senado

PS: Antes de me decidir pelo Netinho, cheguei a cogitar, por exemplo, votar na Ana Luiza do PSTU. Afinal, taí uma candidata muito mais “ideologicamente próxima” a mim do que Netinho jamais virá a ser – só o feminismo dela já impõe um abismo entre eles. Só que meus critérios realmente mudaram. Ser feminista é muito pouco para conquistar o meu voto quando a grande proposta do seu partido para o país é dar o calote na dívida externa. Proposta por proposta, prefiro o “capitalismo de resultados” petista. Ser feminista continua sendo muito pouco para conquistar o meu voto quando a única vantagem de eu votar na Ana Luiza seria dormir com a consciência tranquila (“votei numa pessoa do bem!”), dado que ela não tem chance alguma de ganhar. Consciência por consciência, prefiro a de que contribuí para a derrubada do Tuma do que a de que contribuí para a tranquilidade do meu sono.

PSTU (apud @NPTO): O mais legal é que hoje participei de um grupo de estudos com um bando de gente desconhecida e tenho certeza de que saí de lá como *A* Mary W (menos o brilhantismo, é lógico). E agora eu chego aqui no blog e digo que em tais e quais circunstâncias o feminismo da pessoa é o de menos etc. Enfim, como é bom poder dizer o que a gente pensa, contextualizando as coisas. Sempre.

PC do B: Se você chegou até aqui, não tem como deixar de ler os posts de duas mulheres que entendem de verdade do assunto: a Kellen e a Mary W também fizeram suas declarações de voto para o Senado em São Paulo.

83 Comentários on “Por que votarei em Netinho (e por que votaria em Crivella)”

  1. #1 Ulisses Adirt
    on Sep 28th, 2010 at 2:00 am

    Camila, você é linda e eu concordo com o seu argumento. Tenho me divertido muito por aqui.

    Ah, só uma correçãozinha, o Netinho é reincidente em agressões a mulheres, sim: http://www1.folha.uol.com.br/poder/804838-netinho-ja-tinha-batido-em-mulher-antes-de-agredir-ex.shtml

  2. #2 camilalpav
    on Sep 28th, 2010 at 6:52 am

    Opa, já passei o risquinho!

  3. #3 Sergio Blog 2.4
    on Sep 28th, 2010 at 7:29 am

    Declaração de Votos – 2010…

    Aviso para os desavisados Embora os gurus digam que não é aconselhável se afastar do tema central do blogue, não posso perder de vista que sou um cidadão e não um blogue! (parafraseando o Henrique C. Pereira!). Portanto, sinto que é oportuno contribui….

  4. #4 juliana m.
    on Sep 28th, 2010 at 8:53 am

    ele bate em mulher, aí não consegui ler mais nada.

  5. #5 Ulisses Adirt
    on Sep 28th, 2010 at 9:12 am

    Nem precisava. O fato não atrapalha em nada o seu argumento. Só falei a título de curiosidade.

  6. #6 Paulo Duarte
    on Sep 28th, 2010 at 9:14 am

    Camila,
    Bons argumentos e análise do voto. Felizmente por não morar em SP não preciso pensar em votar em Netinho.
    Claro que o nível de concessões varia para cada um. Por melhor que seja um projeto de Brasil que um candidato homofóbico ofereça, não me interessa ver a festa acontecer do lado de fora do muro.

  7. #7 kellen
    on Sep 28th, 2010 at 9:17 am

    ótimo seu texto. estimulou, e escrevi também ;)

  8. #8 Ética de Resultados, ou análise custo-benefício, again | Blog Pra falar de coisas
    on Sep 28th, 2010 at 9:40 am

    [...] há pouco da ética de resultados e, vejam só, o Idelber compartilhou no google reader um texto que defende… a ética de resultados! Dêem uma conferida lá no texto e voltem [...]

  9. #9 Haline
    on Sep 28th, 2010 at 10:54 am

    Cara, ce fez uma comparação legal, do Crivella com o Netinho. Eu não vou votar no Crivella, mas vários amigos vão por alinhamento político. Não acho um horror. Porém, ele é abertamente contra questões que pra mim são prioridades. E ele usa como plataforma o fato de ser evangélico. Então não são as pessoas que o colocam num grupo evangélico. Ele se coloca. Eu não sou contra evangélicos. Sou contra quem é contra o casamento civil entre homossexuais, quem é contra a descriminalização do aborto e por aí vai. Mas né? Um monte de gente é contra e a gente nem sabe. Acabam perguntando disso pra ele por causa da posição evangélica. Isso vale pra Marina Silva. Então é um posicionamento meu mesmo. Entendo quem vota e pra mim não dá.

    Eu não votaria no Netinho. Pq ele bateu na mulher uma vez? Sim. Não considero ele um espancador de mulheres. Ele já se arrependeu, se desculpou e tá ok com a socidedade. Só que no caso do Netinho ganha uma representatividade q eu não gostaria. Pq no nosso país, infelizmente, ainda tem muita gente que acha que mulher gosta ou não liga de apanhar. Muita gente que legitima o espancamento por conta de mulheres que defendem os maridos espancadores. Olha só, elas tem todo o direito de permanecer com esses maridos e os maridos de se arrependerem, enfim. Mas o pensamento comum ainda é esse. Daí que me dá um certo medo dessa história do Netinho. Mas claro, é uma posição minha de colocar essa questão acima do alinhamento político.

    Isso tudo pra dizer que não acho absurdo votar em nenhum dos dois por alinhamento político ou pra evitar um outro candidato e etc. Mas não podemos pirar e elevar o Netinho a feminista. Ele não é feminista. A justificativa do voto não pode ser essa. E eu entendi que não é a sua.

  10. #10 Junior
    on Sep 28th, 2010 at 11:44 am

    Às vezes, é mais fácil criticar do que elogiar. Quando você elogia, corre o risco de soar falso ou como um puxa-saco. Mas vou correr esse risco e te elogiar novamente. Você está escrevendo muito bem, tanto nos posts mais sarcásticos e irônicos, como nos mais sérios. E esse sobre o Netinho é um dos melhores textos que li em blogs sobre as eleições. Você conseguiu fugir do maniqueísmo, escreveu um texto claro, inteligente e bem fundamentado.

  11. #11 antonia
    on Sep 28th, 2010 at 11:58 am

    oi,

    só pra dizer que eu estava aqui pensando no meu voto, se iria no Crivella ou não (me sinto culpadinha de votar nele). e acho que o seu texto explica porque eu devo votar nele. esclareceu algo que eu estava pensando e não conseguia exatamente verbalizar. enfim, obrigada. não sei se no netinho eu conseguiria votar, mas mais uma vez, provavelmente sim. o tal do projeto de país pra mim é muito importante. bom ver alguém que traduz também pensar parecido.

    bjs

  12. #12 Luciano Máximo
    on Sep 28th, 2010 at 1:52 pm

    Cara Camila, na minha vida de “votador” sempre me mantive fiel à ideia de projeto político, o que inclui infindáveis dilemas pessoais para ponderar alianças e guinadas do partido que eu escolho.

    Ponderei até certo ponto o voto pelo projeto no Netinho, mas no fundo, por mais parlamentarista que a gente seja, a pessoa importa, ainda mais quando fatos ajudam muito na ponderação. Além do episódio de bater na mulher, mais de uma vez, é difícil de entrar na minha cabeça o que o Netinho busca na política. Se filiou ao PCdoB somente em 2006. Por que o PCdoB, você não se pergunta? É um militante político? Ganhou uma eleição para vereador ao mesmo tempo em que apresentava um programa de altíssima audiência na televisão aberta. É um dos vereadores que mais faltaram na legislatura e ainda manteve o tal programa televisivo. Abriu mão da vereança para se candidatar ao Senado. Isso para mim soa bastante oportunista. O PCdoB não teria outro nome para indicar em São Paulo? Obviamente que não. Aldo Rebello? Jamil Murad? Nenhum tem apelo. O patrimônio declarado de Netinho, ao meu ver, não é compatível ao monte de dinheiro que ele deve ter ganho como pagodeiro. Além disso, parte do seu patrimônio foi transferido para seus filhos. Meu pai nem pais de amigos fazem isso como prática cotidiana. Além disso, a empresa/ONG a qual ele é ligado está seriamente individada, deve aos cofres públicos.

    Projeto é importante, mas difícil engolir como o Netinho se encaixe nesse projeto. O mesmo vale para as alianças que nos arrepiam, afinal um dia os Sarneys hão de serem excluídos naturalmente de projetos com os quais eles não têm nenhuma identificação.
    Abraços,
    Luciano

  13. #13 Gabriela
    on Sep 28th, 2010 at 2:05 pm

    Bate em mulher, ponto final.

  14. #14 Maquiavel
    on Sep 28th, 2010 at 2:16 pm

    Síntese do post: ideologia política vem antes de moral.

  15. #15 carlos daguape
    on Sep 28th, 2010 at 3:40 pm

    A mesa redonda do poder não é conto de fadas ou de bandeiras de todo naipe simplismente. É também um confronto permanente com o perfil que tem desde sempre.
    O perfil do nosso Congresso é o perfil do nosso Congresso. Sua história toda Existe mensalão petista? E psdbista tem? Ah! Ai tem outro nome? Sei, entendi.
    Nãoé nem de origem financeira a frente que confronta o social no cenário político brasileiro. É de origem tribal.
    Os previlégios de uma casta agora ameaça se dividir com a massa. Democratizar.
    Então eu busco as chances de vitória quando vou escolher o meu voto.
    E que cada um faça do seu desencanto a sua ação nesse empenho.

  16. #16 camilalpav
    on Sep 28th, 2010 at 11:05 pm

    No que fez muito bem, porque deixou de desperdiçar seu tempo com este blog. :o)

  17. #17 camilalpav
    on Sep 28th, 2010 at 11:13 pm

    Obrigada, Paulo. Eu sei que o nível de concessões frequentemente é muito mais da ordem do estômago que das ideias. E eu estou tentando deixar meu estômago de fora disso, reservando-o para os bolos que tenho feito toda semana. Mas entendo perfeitamente os argumentos – e, principalmente, os sentimentos – do voto roots Ana Luiza. Só não é a minha opção, mas não me é nem um pouco difícil entender de onde a Mary W fala, por exemplo.

  18. #18 camilalpav
    on Sep 28th, 2010 at 11:16 pm

    Você se lembra da gente conversando há um mês sobre isso: “e aquela segunda vaga pro Senado, hein, como fica?”, naquela dúvida. Legal ver como cada uma de nós conseguiu se resolver com isso. :*

    (E a prova, como foi?? Vou perguntar por DM também, pra garantir…)

  19. #19 Tweets that mention Por que votarei em Netinho (e por que votaria em Crivella) – Recordar, Repetir e Elaborar -- Topsy.com
    on Sep 29th, 2010 at 3:32 am

    [...] This post was mentioned on Twitter by Idelber Avelar, Doni, Priscila Vieira, Daniel Fernandes ✔, Shepones and others. Shepones said: No caso, esse texto, que reflete meu exato pensamento sobre como se deve pensar a política: http://migre.me/1qDcK [...]

  20. #20 athalyba
    on Sep 29th, 2010 at 6:05 am

    Gente categórica me dá medo (rs)

  21. #21 athalyba
    on Sep 29th, 2010 at 6:12 am

    Moral me parece mais subjetiva que a política. Prefiro que aquela esteja subordinada a esta :-)

    (Caraca, estou dando mais opinião que a dona do blog !)

  22. #22 fred.k
    on Sep 29th, 2010 at 7:05 am

    Olha, é realpolitik demais pra mim! Parabéns -ou não- a você, por conseguir tapar o nariz e votar em prol de um projeto político.

    Quanto à sua pergunta sobre Sarney, vale a mesma resposta para aliança com Calheiros e Collor. Nessas alianças, você imobiliza qualquer possibilidade de mudança em dois estados que, não à toa, estão entre os mais pobres do Brasil, e os mais gangsterizados. Será que não é possível abater esse coronelismo, da mesma forma como a aliança PT/PSDB abateu ACM?

    Sim, os contextos mudam, e com eles, as opções para manutenção do poder -já ensinava nosso amigo Maquiavel, aí de cima. Fala-se que os 8 anos de governo Lula inaugurou uma tal política pós-ética, ams será que é preciso descer tão baixo assim?

    Deixo uma pergunta provocativa. Há algum limite ético no voto, ou vale somente o cálculo político?

  23. #23 vanessa
    on Sep 29th, 2010 at 9:30 am

    Sou evangélica e fiquei indignada com as matérias que estão saindo na mídia. Quero realmente saber qual a posição do Marcello Crivella sobre estes assuntos: http://t.co/mH4Gbxo http://migre.me/1quMC

  24. #24 camilalpav
    on Sep 29th, 2010 at 10:22 am

    Ah sim, daí a dizer que o Netinho é super feminista são outros 500. Não é esse o caso. Me parece que ele deu umas declarações assim porque obviamente as pessoas questionam muito as agressões dele – e, a meu ver, com toda a razão: tem mais é que questionar mesmo -, e pra fugir disso é que ele recorre ao feminismo. Mas daí a votar no cara porque ele é feminista está, como você bem disse, longe de ser o argumento deste post. Pelo contrário, o post declara voto no Netinho apesar de ele não ser feminista.

    Uma coisa que não se pode esquecer – e que parece meio óbvia, mas às vezes se perde nesta discussão – é que outros grupos estão em jogo, né? O eleitorado do Netinho é outro. Já temos uma candidata feminista na coligação. O Netinho representa o eleitor das COHABs, da periferia urbana, pobre e negro. Este é o eleitorado e a origem dele.

  25. #25 camilalpav
    on Sep 29th, 2010 at 10:23 am

    *corei* :-) Obrigada, Junior.

  26. #26 camilalpav
    on Sep 29th, 2010 at 10:25 am

    Que legal, antonia – esta era a ideia do post mesmo, colocar as pessoas pra pensar e, eventualmente, ajudá-las a se decidir por um candidato ou por outro. Fico feliz em perceber que minha ideia não era tão megalomaníaca assim. :-)

  27. #27 Paulo
    on Sep 29th, 2010 at 11:59 am

    O título do post poderia ser “Opção pelo pragmatismo”, que é também a opção do PT nessa última década. Eu ainda fico com a utopia (no sentido positivo da palavra).

    É o segundo comentário com “lembrei disso”, mas não pude evitar:

    “Now my first sign of perplexion here is ‘the third way’ — Tony Blair and so on — okay, but which is the second way? I mean, isn’t it significant that the talk about the third way becomes so popular at exactly the point when the last traces of second way disappeared? There is no second way today. So what the third way means is precisely there is no second way. In the same way we spoke decades ago about socialism with a human face, the third way is simply capitalism with a human face; that is to say, we accept the basic capitalist game, capitalism is the only game in town. All we can do is to present it a little bit more, how should I put it, with a human face. And again, the only way for the excess to articulate itself is in this helpless moralism.”

    S. Zizek – http://www.egs.edu/faculty/slavoj-zizek/articles/human-rights-and-its-discontents/

  28. #28 Stive Ferreira
    on Sep 29th, 2010 at 5:55 pm

    Olá, resolvi comentar aqui mais por ser o último texto do que por ter alguma coisa a acrescentar ao caso Netinho. Mas, de qualquer forma, excelente texto. Aconselharia a leitura a qualquer pessoa que estivesse em dúvida se votaria ou não nele (acho que essa é a intenção do post, né?). Mas meu voto é dele e da Marta (só não sei se nessa ordem).

    Estive olhando umas outras coisas pelo blog, em especial as histórias de empatia (que seriam menos tristes se fossem estórias).

    Gostei muito daqui!
    Voltarei.

    Abraço.

  29. #29 kellen
    on Sep 29th, 2010 at 9:29 pm

    lembro sim. e foi bem bom escrever o post, ler o seu, a mary ter escrito. todo mundo ganha.
    fui bem na prova, truffaut me ajudou :) hehehe
    menina, e eu escrevi lá no tuíte: vc foi ver o brad mehldau hoje? lembrei d’ocê lá!

  30. #30 Ramon Mestri
    on Sep 30th, 2010 at 9:37 am

    Não sei o porquê, mas li resistentemente o post. No final, já estava seduzido pela ideia, rs. Ética de voto interessante, que elege as novas formas de se pensar a questão toda, tornando possível um moderno suposto-saber político.

  31. #31 camilalpav
    on Sep 30th, 2010 at 9:55 am

    Também estudei a trajetória do Netinho, claro, e algumas coisas que você vê como problemáticas não me parecem nem um pouco absurdas (e daí que ele foi eleito quando apresentava um programa de TV? Não pode?), ou me parecem, pelo contrário, acertos de estratégia: claro que ele foi escolhido porque tem chances de ganhar mais votos. O partido dele quer ganhar a eleição, oras – nada mais justo do que pensar em estratégias para conseguir isso.

    Mas, já que estamos falando de trajetórias, não basta analisar a do Netinho – é preciso considerar o que está em jogo numa eleição para o Senado em São Paulo (ou seja, o tal contexto, de que falo já no início do post). Há que se ver, além da trajetória do Netinho, a de seus concorrentes também – e de tudo o que seus partidos/coligações representam. E, quando comparo Netinho a Aloysio Nunes e a Romeu Tuma, ele ganha disparado. E não tenho dúvidas de que ele tem muito mais chances de vir a aprovar projetos que me são caros do que esses outros dois, cujos partidos têm outros interesses, outra visão de mundo.

    Abraço pra você também.

  32. #32 camilalpav
    on Sep 30th, 2010 at 9:56 am

    “Bate em mulher, ponto final.”

    Kant 1 x 0 Nietzsche

  33. #33 camilalpav
    on Sep 30th, 2010 at 9:57 am

    Opa! Kant 1 x Nietzsche 1

  34. #34 camilalpav
    on Sep 30th, 2010 at 9:59 am

    Só uma correção: não estou tapando o meu nariz. Voto no Netinho convicta de que ele é a segunda melhor opção aqui em São Paulo para o Senado.

    Com relação à sua pergunta, a resposta a ela está no próprio post.

  35. #35 camilalpav
    on Sep 30th, 2010 at 10:01 am

    Obrigada! Quanto às histórias de empatia, eu diria que são “hestórias”, na verdade. Deu pra entender? :-P

  36. #36 camilalpav
    on Sep 30th, 2010 at 10:02 am

    Adorei que você lembrou. Mas não deu pra eu ir. :-( #seeupudesse #eomeudinheirodesse

  37. #37 camilalpav
    on Sep 30th, 2010 at 10:05 am

    Legal que você se manteve aberto ao que o texto tinha a dizer – independentemente de ter mudado de ideia ou não, é claro.

  38. #38 Declaração de voto « No Lado Escuro da Lua
    on Sep 30th, 2010 at 6:12 pm

    [...] 100%. Alias, nenhum ser humano neste planeta, que existe ou já existiu, agradar-me-á 100%. E este texto me ajudou bastante com essa questão, e cito um trecho dele para ficar bem [...]

  39. #39 Gustavo S.
    on Oct 1st, 2010 at 10:22 am

    Sabe aqueles textos que você lê e que, numa frase só, te dão aquele tique na cabeça de “putz!, mas era exaatamente isso que eu queria dizer”? Então, aconteceu agora comigo lendo o seu post.

    Eis a frase: “(…)estou tentando não me deixar guiar por imperativos categóricos que impeçam determinados votos a priori”. Em 2006 e até bem pouco tempo, acho que até esse ano, meus votos eram guiados por uma ética psolista que via a política como vocação sagrada, e não como um relação de custo-benefício.

    Hoje, concordo tão totalmente com tudo o que você escreveu que fico até um pouco envergonhado de não argumentar nada, não ter o que acrescentar no seu discurso. Obrigado por traduzir aquilo que minha incompetência argumentativa não me deixou expor – e ok, chega de elogios. =]

  40. #40 Bruna
    on Oct 3rd, 2010 at 7:54 am

    A redação é péssima, o texto é chato, tive que pular muitas partes, mas os argumentos são válidos num ponto de vista geral sobre a situação política.

    Já está claro que o Netinho não tem talento pra música, aquela voz de gralha, as vezes, merece ser abafada, logo uma oportunidade para uma carreira brilhante e competente na política.

    Deixando de esculachos e irônias, acho legal a defesa de dois lados, tanto o dos profissionais medíocres como o dos amadores medíocres, pois muitas vezes nos iludimos com um discurso cheio de concordâncias gramaticais e termos bem empregados, sem nos darmos conta que os interesses do Mestre Doutor Professor não sei das quantas são os mesmos que os do Netinho e os do Zé da Quintada da minha rua que está inserido em um esquema de arrecadação de votos onde terceiros, muito mais “poderosos” se beneficiarão.

    Aconselho que todos sempre estejam em busca de opiniões alheias, isso abre espaço pra discussões, inclusive discussões filosóficas, estimula o pensamento e o senso crítico para que sejamos mais austeros na formação de nossas opiniões.

    E termino dizendo, que eleger o Netinho, é expressão forte de opinião e posição política sem deixar de ser, simplesmente, uma imensa TOLICE!

    (Será que esse passa?)

  41. #41 camilalpav
    on Oct 3rd, 2010 at 8:21 am

    Como é que você diz que não acrescenta nada? A frase que você escreveu depois da minha me causou uma sensação tão estranha: “por que é que tá sem aspas aqui, se a frase é minha, e ao mesmo tempo eu não me lembro de tê-la escrita?” Foi só alguns segundos depois que eu me dei conta de que não era mais eu falando, e sim você. :-) “ética psicolista que via a política como vocação sagrada” – perfeito. Beijo e bom voto!

  42. #42 Maquiavel
    on Oct 4th, 2010 at 10:03 am

    Que moral seja mais subjetivo (sic) do que política é questão de definição, logo esse contraste está implicado no meu comentário. O que precisa ser dito acerca desse texto sobre o Netinho é que a prevalência de juízos ideológicos sobre juízos morais não tem qualquer privilégio lógico, ético ou prático sobre a forma oposta de se fazer escolhas políticas, i.e. moral > ideologia. (E, aliás, Nietzsche perde pontos junto com Kant quando se afirma que a primeira forma é superior à segunda.)

  43. #43 Rafael Reinehr
    on Oct 5th, 2010 at 10:06 am

    Hahaha!

    Tens que fazer um post (ou mais um) sobre esta batalha Kant x Nietzsche! Muito bom Camila!

  44. #44 Marconi Gonzaga
    on Mar 29th, 2011 at 6:52 pm

    Caramba! Caí nesse site por acaso. Até entendo a intenção de todo mundo em quere parecer parecer inteligente, mas por essas e outras é que vamos ficar no terceiro mundo ou pior para sempre. Entre querer parecer e ser tem um longo caminho. Que vergonha de ser do mesmo país que vocês.

  45. #45 Angielski Krakow
    on Nov 15th, 2011 at 4:47 pm

    The best language school available for you today!

  46. #46 Rosalva Vowell
    on Nov 15th, 2011 at 6:45 pm

    thanks for the insight

  47. #47 tarot visa
    on Nov 15th, 2011 at 10:21 pm

    Hands down, Apple’s app store wins by a mile. It’s a huge selection of all sorts of apps vs a rather sad selection of a handful for Zune. Microsoft has plans, especially in the realm of games, but I’m not sure I’d want to bet on the future if this aspect is important to you. The iPod is a much better choice in that case.

  48. #48 Diploma In IFRS
    on Nov 16th, 2011 at 4:53 am

    What you cannot enforce do not command.

  49. #49 Luanna Staunton
    on Nov 16th, 2011 at 1:37 pm

    A TV can insult your intelligence, but nothing rubs it in like a computer.

  50. #50 trabajo desde casa
    on Nov 17th, 2011 at 7:54 am

    Zune and iPod: Most people compare the Zune to the Touch, but after seeing how slim and surprisingly small and light it is, I consider it to be a rather unique hybrid that combines qualities of both the Touch and the Nano. It’s very colorful and lovely OLED screen is slightly smaller than the touch screen, but the player itself feels quite a bit smaller and lighter. It weighs about 2/3 as much, and is noticeably smaller in width and height, while being just a hair thicker.

  51. #51 celebrity workout
    on Nov 17th, 2011 at 11:01 am

    Just killing some in between class time on Digg and I found your article . Not normally what I favor to read about, however it was completely worth my time. Thanks.

  52. #52 winrar
    on Nov 18th, 2011 at 6:55 am

    I am glad that I have observed this blog. Ultimately anything not a crap, which we understand quite usually. The web site is lovingly maintained and up to date. So it really should be, thank you for this welcome transform.

  53. #53 Tonia Serie
    on Nov 18th, 2011 at 9:42 am

    Katy Perry is actually at # 4 located on the States Billboard Chart. If ever. She gets to number one this is going to be her 5th numberone single out of the same album, California Dreams

  54. #54 sexshop en ligne
    on Nov 18th, 2011 at 2:08 pm

    Article à recommander je partage sur fb!

  55. #55 real estate nashville
    on Nov 18th, 2011 at 2:58 pm

    Witty! I’m bookmarking you site for future use.

  56. #56 computer support boston
    on Nov 18th, 2011 at 3:49 pm

    You definitely know how to bring an issue to light and make it important. I cant believe youre not more popular because you definitely have the gift.

  57. #57 KHGC
    on Nov 18th, 2011 at 5:42 pm

    What a fantastic insight. We too are now showing off our all new virtual golf course tours. Come and take a look at 360 Photos’ site!

  58. #58 Delcie Matty
    on Nov 19th, 2011 at 1:18 am

    many thanks for the info

  59. #59 coffee fundraiser
    on Nov 19th, 2011 at 5:15 am

    A formidable share, I just given this onto a colleague who was doing a bit of similar evaluation on this. He in reality purchased me breakfast because I found it for him.. smile.

  60. #60 Abortion Methods
    on Nov 19th, 2011 at 11:30 am

    Microsoft zune and ipod nano: A lot of people compare the particular Zune to the touch, nevertheless knowing exactly how slim as well as amazingly tiny , gentle it really is, I take into account that this is a fairly distinctive crossbreed in which combinations features associated with each Contact and also the Nano. It is rather colorful and beautiful OLED screen can be a little more stream-lined in comparison with touchscreen display screen, however the player alone seems a lot more stream-lined and also lighter. They weigh inside with a several ofOr3 the maximum amount of, and it’s also significantly smaller sized broad and top, even though being only a hair plumper.

  61. #61 purificadoras
    on Nov 19th, 2011 at 10:57 pm

    Thank you for producing the powerful, dependable, educational and as well as easy tips about your topic.

  62. #62 Arthur Chagolla
    on Nov 20th, 2011 at 6:20 pm

    Excellent read, I just passed this onto a colleague who was doing a little research on that. And he actually bought me lunch as I found it for him smile Therefore let me rephrase that: Thank you for lunch!

  63. #63 chatroulette
    on Nov 21st, 2011 at 1:50 am

    Hi, have you ever asked yourself to publish regarding Nintendo 3DS?

  64. #64 pasko sa pinas fan page
    on Nov 21st, 2011 at 4:08 am

    come join us and share Christmas with us! like us at facebook

  65. #65 presentation coaching
    on Nov 21st, 2011 at 1:37 pm

    This really answered my problem, thank you!

  66. #66 chiropractors in denver
    on Nov 21st, 2011 at 2:09 pm

    You definitely know how to bring an issue to light and make it important. I cant believe youre not more popular because you definitely have the gift.

  67. #67 realty lancaster pa
    on Nov 21st, 2011 at 11:50 pm

    It’s hard to find knowledgeable people on this topic, but you sound like you know what you’re talking about! Thanks

  68. #68 cabin rentals
    on Nov 22nd, 2011 at 1:35 am

    One of my favorite posts.

  69. #69 paving reading pa
    on Nov 22nd, 2011 at 11:44 pm

    Your place is valueble for me. Thanks!…

  70. #70 Indonesian Furniture Manufacturer
    on Nov 23rd, 2011 at 5:39 am

    Por que votarei em Netinho (e por que votaria em Crivella) – Recordar, Repetir e Elaborar Would you be focused on exchanging links? Regards, Indonesian Furniture Manufacturer

  71. #71 Rolf Vohs
    on Nov 25th, 2011 at 1:40 pm

    This is really interesting, You are a very skilled blogger. I have joined your rss feed and look forward to seeking more of your magnificent post. Also, I have shared your website in my social networks!

  72. #72 forklift osha training
    on Nov 25th, 2011 at 3:11 pm

    Greetings from Ohio! I’m bored at work so I decided to browse your website on my iphone during lunch break. I enjoy the information you provide here and can’t wait to take a look when I get home. I’m amazed at how fast your blog loaded on my cell phone .. I’m not even using WIFI, just 3G .. Anyways, good blog!

  73. #73 Burton Haynes
    on Nov 25th, 2011 at 8:17 pm

    Heya i’m for the first time here. I came across this board and I find It truly useful & it helped me out a lot. I hope to give something back and help others like you aided me.

  74. #74 Games
    on Nov 25th, 2011 at 9:39 pm

    Somebody necessarily lend a hand to make significantly posts I would state. That is the first time I frequented your web page and to this point? I surprised with the research you made to create this particular put up extraordinary. Excellent process! Jogar Jogos Online

  75. #75 colon cleaning
    on Nov 26th, 2011 at 2:01 am

    You got numerous constructive points there. I made a search on the concern and found almost all peoples will agree along with your weblog.

  76. #76 Backlinks
    on Nov 26th, 2011 at 6:37 am

    Hi, I think your website might be having browser compatibility issues. When I look at your blog site in Opera, it looks fine but when opening in Internet Explorer, it has some overlapping. I just wanted to give you a quick heads up! Other then that, very good blog!

  77. #77 thai keyboard
    on Nov 26th, 2011 at 6:50 am

    Thank you, I have recently been searching for information about this subject for a long time and yours is the best I’ve found out so far. But, are you sure concerning the supply?

  78. #78 Kemberly Gravitt
    on Nov 26th, 2011 at 8:09 am

    certainly like your website but you have to check the spelling on several of your posts. Many of them are rife with spelling issues and I find it very troublesome to tell the truth nevertheless I’ll definitely come back again.

  79. #79 videncia
    on Nov 26th, 2011 at 9:01 am

    Apple now has Rhapsody as an app, which is a great start, but it is currently hampered by the inability to store locally on your iPod, and has a dismal 64kbps bit rate. If this changes, then it will somewhat negate this advantage for the Zune, but the 10 songs per month will still be a big plus in Zune Pass’ favor.

  80. #80 Ramonita Susan
    on Nov 26th, 2011 at 9:49 am

    hi!,I like your writing very much! share we communicate more about your post on AOL? I require an expert on this area to solve my problem. Maybe that’s you! Looking forward to see you.

  81. #81 Playstation 2 Allegro
    on Nov 26th, 2011 at 10:15 am

    Heya i’m for the first time here. I came across this board and I find It really useful & it helped me out much. I hope to give something back and aid others like you helped me.

  82. #82 Verena Chalet
    on Nov 26th, 2011 at 12:18 pm

    This is exactly what I have been looking for all day. Don’t stop updating this web site.

  83. #83 Wozki Dzieciece Allegro
    on Nov 26th, 2011 at 12:28 pm

    Very well written article. It will be supportive to anyone who employess it, as well as yours truly :). Keep doing what you are doing – can’r wait to read more posts.

Deixe um comentário