Posts from ‘November, 2011’

Sexo Frágil

Linha Amarela do metrô. A TV do metrô anunciando – o que mais – o próprio metrô, Mais Confortável e Seguro!!! O trem dando trancos totalmente confortáveis e seguros. Gente que entra no vagão, entra, entra, entra. Porta que não fecha. Porta que fecha, moço que não entra a tempo, moço que xinga. Meu kindle […]

Nasce uma ateia

Fui procurar uma mensagem que enviei recentemente para a Bel Botter, para quem envio mensagens desde muito antes de abrir minha conta no Gmail. Eis a sugestão que hoje, pela primeira vez, o Gmail teve a delicadeza de me fazer: “Did you mean ‘Bell Potter‘?” Google, 2001 –> DEUS Google, 2011 –> tiozinho bêbado que […]

Para colar no espelho

“Ajuda é uma coisa que você oferece quando faz parte da vida da pessoa. Você não decide fazer parte pra poder oferecer.” Fernando Serboncini, 2011.

Meu primeiro dia sem o Google Reader

TODOSMIXINGA de cmsofre com a comparação que estou para fazer, então vale adiantar que inventaram esse negócio de comparação _justamente_ pra gente poder ressaltar as diferenças entre o elefante e a formiguinha, amgs. Passemos então ao sacrilégio: Precisei de 11 anos para conseguir visitar o túmulo da minha mãe. Casar foi bem mais rápido: levou […]